sábado, 31 de março de 2012

foi um
       eu já vi.
               meio não censo
               meio no ar.  
ouvia um zoom. ou via um zumbido;
éramos um elefante
                  eu
devo-me-eu (re)estruturar um
poema
     dantes de terminar mês
quando em, fixamos a lembranças
de nomes seres outros...
Pedro Paulo Pan, verão de 2012

2 comentários:

Pedro Pan disse...

"Tudo tão misturado e macio, não se sabia bem, parecia que o dia tinha outras claridades"
Guimarães

ricardoimaeda disse...

meio desconcertante, mas com um frescor de primeira voz...
um grande abraço,
ricardo