terça-feira, 14 de novembro de 2006

preciso
olhar por olhos teus
, um pingo de saudade.
Pedro Pan

"o vento é verde."

16 comentários:

pan disse...

, bom feriado pra quem é de bom feriado.

Rayanne disse...

E navegar nessa gota
oceano deserto
daquilo que um dia
felicidade.

**Estrelas**

(bom feriado, alquimista!)

Paulo Vigu disse...

Saudade pingando é choro? Bom feriado, Pan! - Riodaqui/ []`s / Paulo Vigu

Márcia(clarinha) disse...

se olhar com vontade esse pingo seca...
linda noite querido
beijosssssssssss

Navegando com o Álvaro Míchkim disse...

Por que então não olhar para dentro e sentir o coração? Com certeza outros pingos aparecerão. Que tal a sugestão?
De fato não devemos interferir na natureza, já que a segunda está presente toda semana, tbm temos esse presente (sinal de que estamos ou estaremos vivos nesse dia; que regozijo, pois toda segunda tbm não é um recomeço; né?). Hoje é terça, amanhã, aniversário do Bobby Filho (16). Então estou na festa! Abraços. E obrigado.

diovvani disse...

Aqui um pingo de saudade, abre horizontes de poesia. Abraço e bom feriado.

Valéria disse...

saudade em mim é rio....
ah! e eu tava com saudade de vc!
beijo

mary disse...

Um pingo que enche os olhos...

beijos!

Edilson Pantoja disse...

Olhar por outros olhos deve ser fantástico. É como transferir-se. Abraço!

douglas D. disse...

Uma só gota,poesia
Na íris que sonha
E faz-se chuva
Sorrisos sem fim.

Mago disse...

Se meus olhos soubesse o que é saudade, iss seria possível! Um abraço do Mago aqui!

Múcio Góes disse...

sempre há de haver, olhos pra crer, para crer...


o Bom Pedro!

[]´s

Clarice disse...

neste lindo suspirar
a senhora esperança
há de te saudar

abraço florido

PS: link novo

miixa disse...

saudade de quem um dia amou...de quem ainda ama o passado... pingo de saudade que cai em todo amanhecer,

beijos

Octávio Roggiero Neto disse...

cai do conta-gotas das lembranças um pingo de saudade: os olhos marejados ficam!

Clauky Saba disse...

esse aqui tem um Q de maravilhoooso!

conta-gotas poéticas!

poetabraços