terça-feira, 3 de outubro de 2006

bêbado em boteco
perto de a minha casa,
diz em um caneco:
"menino! cê têm asas?"
pedro pan, 2002

23 comentários:

Clarice disse...

Cê tem!
Eu não bebi nada hoje e tô te vendo
avoar.
beijo amigo

eduardo disse...

Quando a gente se torna adulto a gente perde a capacidade de voar...
belo poema!!!

Juliana pestana disse...

Asas? eu tenho!! rss
elas se escondem durante o dia, mas se esticam à noite e me levam a perfurmar a madrugada... vislumbrando a alvorada e a chegada dos primeiros raios de sol, quando retorno pro leito e logo noto que amanheço!

bjos meus e sol-de-risos

Nobre Dama disse...

É assim q se decola... rs rs rs!

Só uma observação: amo canecas!

Bjoquinhas!

Sara disse...

se vc tem asas, voe.
anjo disfarçado de gente...rs

uma coisa assim meio Wenders.

Bjs

diovvani disse...

e falando em boteco: *

a alma do copo
é o vazio
a arma
a pinga
o carma
o tombo.

* da série banheiro de boteco.
MontanhosoAbraçoDasMinas.

Keila Sgobi disse...

não são seus braços a abraçar o mundo?

ou a alucinação do ar ser bebiba a entornar o mundo?

sandra disse...

Aproveita as asas e voe... sempre alto!!.. meu beijo

Márcia(clarinha) disse...

E num tem asas o menino? Claro que tem!
Todo menino tem asas só não voa se não quiser...
noite linda querido
beijosssssssss

Loba disse...

Todo poeta tem asas, com certeza. E as suas são leves e soltas...
Beijos muitos

Márcia do Valle disse...

Todos temos, só que alguns não sabem como usá-las. Bjs

Navegando com o Álvaro Míchkim disse...

PP, o "reclame" da TV diz q red bull dá asas; penso q de Ícaro!
"..Com estas chamas que abrasas, que espero nunca ter fim, que vôe o tempo em asas, que ele espere por mim!..." (A.M.,1986)
Obrigado pelo alô.

Navegando com o Álvaro Míchkim disse...

PP, o "reclame" da TV diz q red bull dá asas; penso q de Ícaro!
"..Com estas chamas que abrasas, que espero nunca ter fim, que vôe o tempo em asas, que ele espere por mim!..." (A.M.,1986)
Obrigado pelo alô.

Claudio Eugenio Luz disse...

Penso que o homem sabia das coisas e das artimanhas aladas.

hábraços

Múcio Góes disse...

eu sozinho,
num buteco,
meu coraçãozinho
só grita: eco, eco, eco!


É Pedroww!!

[]´s

Anônimo disse...

Ébrio ou sóbrio, o mundo é de quem vê além.

Abçs e obrigado pela presença e constâncias.

Paulo Vigu disse...

"E o menino vôou" - Riodaqui manda abraço ao Poeta Pan - PauloVigu

Mago disse...

simples e eficiente, amo isso. um grande abraço do Mago aqui e se não publicar agora rsss tento de novo!

Angélica Juns disse...

se estivesse sóbrio diria:
"menino, cê tem casa?"

abraço
Angélica

Mary disse...

Aí você voou?! Porque asas eu acho que você tem! :)

Bjus!

André Lasak disse...

Ôpa!

O Quimera Ufana faz um ano de vida, mas quem ganha é... ele mesmo!

Venha conhecer o novo layout!
http://www.quimeraufana.blogspot.com

Abração!

Leandro Jardim disse...

como diria Bandeira: "Belo Belo"

Saramar disse...

Os bêbados enxergam mais, vêem tudo, inclusive essas asas que vôcê insiste em disfarçar.

beijo