quinta-feira, 15 de junho de 2006

sinto 
calado
(talvez alado, não sei)
: o ventar
(de)bater
em minhas f(r)ases
corar.
(coragem)
o vôo
é ver
de.

6 + eu de quinta

9 comentários:

Moacir Caetano disse...

como eu disse lá no 7 cabeças, adorei seu estilo!
um grande abraço!

Nanna disse...

Que vent[inh]o bom!

Beijos!
:)

Múcio Góes disse...

teu lado
alado
é verde,

bom de
ver-te.

[]´s

Lubi disse...

E é esse jogo com palavras que gosto tanto.
Prazer em estar aqui.

Leandro Jardim disse...

Muito bom mesmo!
só vou dizer
is
so !

Keila Sgobi disse...

o ventar
cora,
já dizia a querida
Cora Colorida!

Cora de cortar
de esfriar
que levar em
boa
hora...

Clarice disse...

Melhor voado que calado, mas sempre poeta.
Beijos Pan

Claudio Eugenio Luz disse...

Mesmo calado, voar; eis aí a razão para continuar.

hábraços poeta das gerais

Mary disse...

Adorei este!

Adoro ler-te.

Mesmo que o vôo seja ver-de.

:)

Beijos.