sábado, 24 de junho de 2006

mas é lógico que um regislógio atrapalha sozinho.
mas em a noite sexta para sábado, este ilustre
senhor de tic - tac, que afirma sem parar,
que não faz mais tique - taques, soa apenas
reticências... tudo bem não vamos contrariá-lo.
ser de imagens, sons e palavras soltas como
bolhas de balão ou balões coloridos.
como eu ia dizendo, em a madrugada
que jazz cheirava sábado, eis que sr regislógio
pega dragonflex, a câmera & começa a photographar
a lua.
(todo mundo sabe que um regislógio photographando
a lua não dá coisa boa.).[...]
fragmento de [o desdobre de o sr regislógio]


para meu amigo de infâncias perdidas. felicidades sempre!
feliz desaniversário!

5 comentários:

Dreamer disse...

Entre tiques-reticentes e dragoncliques tortos, saio desenhando lua, céu, mel e outros dias em forma de nuvem.
recomeço.
entre reticentes-sentiques tortos saio desenhando na rua, ao léu e outras formas de nuvem do dia.
recomeço.
paro, olho e desconecto.
Sr regislógio cata sua dragonflex, seu amigo de infancias, a garrafa de licor e saem por ai os dois a procurar aventuras imaginárias.

Obrigado amigo de infâncias.

reflexoes depois disse...

ai, achoq ue perdi algo por aqui.. Beijos

Múcio Góes disse...

Belo presente!
Pegue e ente!

[]´s

Valéria disse...

ah comentei e sumiu :(
mas quero dizer de novo que achei muito bonito isso!
beijo nos dois

Leandro Jardim disse...

caraca muito maneiro! é seu?