segunda-feira, 16 de janeiro de 2006

pensei em reescrever
um poema
,porém,
poema meu não
se reescreve, muito menos
escreve.
poema, eu vomito.

3 comentários:

Dreamer disse...

que cause enjoo. e da náusea apertada saia um verso grunido. nao mastigue, deixe escorrer.

Valéria disse...

os vômitos então...às vezes são belos...os seus...sempre...a não ser os de verdade...eca(sou boba né?) rs
beijo vc

jorgeana braga disse...

ai que vômito mais...estético! simples e belo.Vi suas pegadas lá na Jana e resolvi espiar; boa surpresa!