quarta-feira, 28 de dezembro de 2005

as palavras voam
desenhar...
estrelas durante o papel
e vira & volta, as palavras
nos consideram
[adoecem as cenas melancholicas]
(pausa p/ o chá)
o cenário é um tédio?
alguns quadros em a parede e
photos espalhadas em a intimidade
o pretexto tem sido
por exemplo:
silêncio, vamos mudar de
assunptos?

5 comentários:

Dreamer disse...

o tempo durante estrelas em papel me faz contorcer o tédio e transformar a intimidade em tinta de parede.
O meu inimigo é o silêncio.

infancias de abraço.

carol.tafuri disse...

pronto. vim ver seu novo lar.
voltei a ativa.

vou te recomendar um site. sei que vai gostar

www.napontadalingua.com.br
veja os poemas

beijos

Valéria disse...

um caminho de joão e mario, onde se perde pra se encontrar...gosto muitão de como vc escreve! beijo

Dreamer disse...

saudades de vc amigo de infancias perdidas. Minha luta de tique taques se acirra contra as reticencias. enquanto isso sonho.

Rodrigo Capella disse...

Pedro, adorei!!! Opa! Tem novidades no meu blog. Aguardo a sua visita. Abraços, Rodrigo Capella.